Leia também...

Leia também...
Homo Sapiens x Homo Cyber

Leia também...

Leia também...
O Humor nos Tempos do Cólera

Leia também...

Leia também...
Os 10 Mandamentos da Vida Virtual

Leia também...

Leia também...
Santos Reis

Twitter, vou não vou…

quinta-feira, 18 de março de 2010

duvida-twitter

 

A febre twitesca parece que veio para ficar e é interessante analisar o comportamento das pessoas nesse microblogging, existem várias motivações para as pessoas ingressarem no erviço, alguns querem interação, outros divulgar seus blogs, outros vários, apenas participar, e ainda tem aqueles que não querem nem passar perto do serviço ou já passaram e decidiram abandoná-lo.

 

Como eu disse no post a regra no twitter e não ter regra, não existe uma linha específica de assuntos a serem abordados no Twitter, lá cada um precisa encontrar o seu caminho ou o seu nicho.

 

Interessante constatar que o post supra mencionado me fez refletir sobre importantes aspectos. Alguns criticaram minha postura dizendo que não existe nada que funcione perfeitamente sem regras. Ora bolas! Eu não disse que cada um não possa ter suas preferências, o que eu disse é que não existem regras que possam ser aplicadas de forma generalizada.

Tirando a idéia por trás do marketing (que necessita de muitos seguidores para atingirem suas metas), essa é uma condição normal de todos os seres humanos que gostam de ser o centro da atenção em todos os lugares que estão. [Criarsites]

 

Já disse inúmeras vezes que o legal do twitter é também as inúmeras possibilidades de uso que ele apresenta. Não há como fazer generalizações, simplesmente porque quem determina qual conteúdo seguir é o próprio usuário.

 

twitter

Então não há porque rotular o serviço sob um ponto de vista universal, como muitos insistem em fazer: […ah, não gosto do Twitter porque está repleto de links que não interessam]; ou então, […não gosto do serviço porque as pessoas o transformaram num chat] e outras frases de efeito não menos recriminatórias que presenciamos todos os dias, seja no próprio Twitter, seja nos blogs.

 

Sabemos que gosto é algo pessoal, pois, o que é agradável aos olhos de um não é bem visto por outros. Dessa forma é importante para quem pretende ingressar no serviço, possuir algum conhecimento básico que possa facilitar o manuseio. Com pouco tempo, um usuário dedicado e perceptivo já terá suas preferências afloradas. Eu, particularmente, tenho minhas preferências e convicções, além de não abrir mão de alguns aspectos que considero fundamentais, e que, humildemente passo a enumerar na esperança de servir de norte para outros usuários:

 

# Se você não sabe como funciona o serviço, pesquise antes de entrar, tem gente que até hoje não sabe o que é um RT e como usar;

 

# Não fique rotulando comportamentos que não o agradam, unfollow e block servem, justamente,  para limar os indesejáveis;

 

# Não queira transferir para o twitter, comportamentos que geralmente você usa em outras redes sociais, já diz o ditado “cada macaco no seu galho”.

 

# Procure seguir pessoas que você ache que irão lhe agregar algum conteúdo, não queira ser agradável a pessoas que te deram follow, retribuir é louvável desde que esteja convencido que os tweets da outra pessoa valem a pena;

 

# Não se iluda. Jamais conseguirá acompanhar os tweets de um número expressivo de seguidores. Se seu objetivo for ter milhares deles, tenha consciência de que você irá interagir de verdade, com poucos;

 

# Nunca, jamais, em tempo algum utilize os famigerados internetês, miguxês ou outro qualquer  “ês” existente que não seja o português;

 

# O último e mais importante, tenha mais zelo pela língua pátria, erros esporádicos são até perdoáveis, mas se policie para não cometer genocídio ao nosso idioma.

 

Volto a ressaltar que as questões arvoradas acimas não são regras, é apenas o retrato de um ponto de vista de alguém que já frequenta o universo do twitter há algum tempo, portanto, posso cometer a ousadia de indicar alguns pontos que julgo relevantes.

   

graftwitter

 

Outro aspecto a se considerar é que é visível e irreversível o crescimento do twitter, os números acima comprovam essa assertiva. Sendo bem utilizado, é uma ferramenta de marketing excelente, para divulgação e interação de blogueiros.

 

Saiba tirar o máximo proveito dos recursos provenientes do twitter, sem perder de vista no entanto que: “rede social é uma das formas de representação dos relacionamentos afetivos ou profissionais dos seres entre si ou entre seus agrupamentos de interesses mútuos.”

 

Eu indico:

# Blog MMN: 09 motivos porque acho que deve ter uma conta no Twitter

# Sérgio Blog: 5 7 motivos que tornam o Twitter uma ferramenta irrelevante. Pra MIM

# Criarsites: A ilusão dos números no Twitter

 

 

Sobre o Autor:
José Márcio

José Márcio - Editor Chefe dos Invicioneiros, mineiro de Paraopeba/MG, canceriano, engraçado, calmo, Cruzeirense. Apaixonado por Música, informática, Twitter, Blogs e Futebol! Saudosista dos anos 80.

Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

7 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;