Leia também...

Leia também...
Homo Sapiens x Homo Cyber

Leia também...

Leia também...
O Humor nos Tempos do Cólera

Leia também...

Leia também...
Os 10 Mandamentos da Vida Virtual

Leia também...

Leia também...
Santos Reis

Nem todos querem ser Problogger

quinta-feira, 15 de abril de 2010

podio2

 

Tomando gosto pela prosa em torno dos probloggers resolvi complementar o post anterior com mais uma saraivada de palavras sobre o tema.

 

Por que será que o assunto atinente aos probloggers atiça tanto a curiosidade das pessoas? Eu, um pseudo blogueiro não me atreveria a fazer juízo de valor com algo tão sério e de grande repercussão, sou apenas um palpiteiro inveterado, então vamos divagar.

 

Na minha modesta visão novel, muitos blogs iniciantes padecem de um atributo que considero primordial para se fixarem na blogosfera: IDENTIDADE. A  palavra identidade aqui possui o condão de abarcar um outro atributo também tão comentado e necessário, conteúdo de qualidade, assim sendo: identidade + conteúdo de qualidade = possibilidade maior de sucesso.

 

Interessante constatar que alguns imaginam recair uma espécie de "maldição" ou "praga da morte", bem ao estilo das  lançadas por Tutancâmon contra aqueles que perturbarem  o sossego eterno dos probloggers.

…“Não! Probloggers não são pessoas comuns, são deuses que se fixaram entre nós, para semear a discórdia e fazer-nos acreditar na possibilidade de um passatempo gerar dividendos.”

Nada disso! Probloggers são indivíduos comuns que perseveraram e que hoje colhem os frutos desse esforço.

 

Gosto muito da palavra perseverar. Ela simboliza bem qual deve ser a postura de um blogueiro consciente e de futuro, afinal, nada se consegue sem esforço.

 

…“Tenho um bloguinho despretencioso, e não possuo qualquer pretensão de galgar degraus mais altos nesse universo, meu intento é apenas expor minhas ideias e gerar novos conteúdos.”

 

O que há de mal nisso? Nada, absolutamente nada, nem todos querem ser famosos ou ganhar dinheiro com blogs, mas todos, sem exceção, querem reconhecimento. 

 

O verdadeiro artista não busca a fama. Busca reconhecimento. Hélder Sena de Sousa

…“E o que existe de errado em querer ganhar dinheiro com blog?”

 

Também nada. O problema é a falsa ideia de que isso seja uma tarefa simples.

 

Não podemos nos olvidar que ter reconhecimento alimenta nosso ego e faz bem pra nossa auto-estima. Ninguém redige um post para si próprio, pode ser que, num primeiro momento, esse intento não contenha pretensões muito significativas, mas receber a opinião e o reconhecimento dos leitores, tenho certeza, causará uma enorme satisfação no autor. Uma frase muito usada por marketeiros ilustra bem essa situação: “não adianta acender uma lâmpada e colocá-la embaixo da mesa”.

 

grafico_razoespelasquaisosb

Fonte: [http://www.gordonerd.com/]

 

Percebemos pelo gráfico acima que grande parte dos brasileiros cria um blog pensando nos rendimentos que ele pode propocionar, mas também notamos que alguns criam o espaço apenas por diversão ou descontração, como forma de emitirem suas opiniões sobre tudo e sobre todos.

 

[…] blogar NÃO é trabalho para vagabundo. É um trabalho como qualquer outro, com suas alegrias, tristezas, satisfações e dificuldades. Requer disciplina, compromisso, dedicação, bom humor e paciência. [Nospheratt]

 

Não penso que criar um blog por fascínio ou ilusão por dinheiro fácil seja uma boa iniciativa, senão vejamos as palavras do problogger J. Noronha

 

É possível viver de blogs, mas não é para qualquer um e, infelizmente, a imensa maioria vai desistir nos primeiros seis meses. Nos últimos 3 anos eu perdi a conta de quantos blogs vi nascer e morrer.

É preciso ter em mente que você vai trabalhar no mínimo 12 horas por dia, de 6 a 7 dias por semana. Não vai ter 13º, férias remuneradas ou plano de saúde. Tudo isso vai sair do seu próprio bolso. [em entrevista ao Dicas Blogger]

 

art_sucesso_fracasso

 

Definitivamente vimos que qualquer tentativa de monetizar um blog a curto prazo é apenas sofisma, ninguém, pelos menos que eu conheça, conseguiu começar um trabalho com esse intuito e colheu frutos imediatamente.

 

Portanto, antes de querer blogar por dinheiro, invista todo seu esforço no seu conteúdo, tenha uma identidade própria, persevere,  pode ser que com o tempo você tenha o reconhecimento que jamais imaginou, pois o sucesso deve ser uma consequência, nunca uma obsessão.

 

Por fim, cito um trecho do comentário do Guto, deixado no post anterior para reflexão de todos:

 

[…]O duro é quando deixamos de apreciar a viagem obcecados com a chegada. Aquele que se fecha dentro do ônibus e aguarda ansioso para alcançar seu destino, na verdade, nunca foi a lugar nenhum, sequer deixou sua casa. Da mesma forma, focar-se apenas no dinheiro é a melhor maneira de nunca obtê-lo, de permanecer pobre - de dinheiro e de espírito.

Sobre o Autor:
José Márcio

José Márcio - Editor Chefe dos Invicioneiros, mineiro de Paraopeba/MG, canceriano, engraçado, calmo, Cruzeirense. Apaixonado por Música, informática, Twitter, Blogs e Futebol! Saudosista dos anos 80.

Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

15 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;