Leia também...

Leia também...
Homo Sapiens x Homo Cyber

Leia também...

Leia também...
O Humor nos Tempos do Cólera

Leia também...

Leia também...
Os 10 Mandamentos da Vida Virtual

Leia também...

Leia também...
Santos Reis

Pen Drives & Overdrives #2

segunda-feira, 24 de maio de 2010

 

Seattle_Sky 

 

Depois do “rockabilly” e do “punk rock” nova-iorquino e londrino do final da década de 70, o último movimento que teve relevância para o “rock’n’roll” foi o “grunge” da Seattle dos anos 90.

 

Carinhas perturbados com camisas xadrezadas de flanelas (eu tinha as minhas!) e que viviam numa cidade fria e cinzenta sob um céu eternamente nublado, elevaram a angústia ao “status” de arte com a sua música de acordes simples e “riffs” carregados de cólera juvenil.

 

E dentre as bandas representativas deste movimento, separei três vídeos que eu tive de, lamentavelmente, descarregar de meu “pen drive” sobrecarregado:

 

 

Alice In Chains – “Man In The Box” (prestem atenção na feroz introdução “nu metal” das guitarras e na entonação da voz solo e no contracanto do “backing vocal” no refrão:

 

 

 

 

Pearl Jam – “Alive” (a voz de Eddie Vedder no refrão, parece um mantra):

 

 

 

 

Nirvana -  “Smells Like Teen Spirit” (bateria tribal, guitarra sangrenta e vocal “dos inferno” – talvez a melhor música do rock’n’roll de todos os tempos):

 

Sobre o Autor:
Harley Coqueiro

Harley Coqueiro - um cara da paz, iluminista, torcedor do Galo, evangélico não fundamentalista, pai do Ulisses e do Dante. Já desenhou charges, escreveu poemas e compôs canções gospel. Tem como pecados, gostar em excesso de rock'n'roll, filmes e comida!

Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

2 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;