Leia também...

Leia também...
Homo Sapiens x Homo Cyber

Leia também...

Leia também...
O Humor nos Tempos do Cólera

Leia também...

Leia também...
Os 10 Mandamentos da Vida Virtual

Leia também...

Leia também...
Santos Reis

Sobre a poesia e a palavra

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Nesse post sintético quero expressar apenas a metalinguagem de versos diversos resgatados de 26 de maio de 1992, quando Harley era meu aluno e eu escrevia em um caderno azul repleto de desenhos de Coqueiro. Seria um post para o Poetopias, mas resolvi publicá-lo como invicioneiro de estilo múltiplo que (meus leitores bem o sabem) tenho sido.



Para escrever no espaço branco

minha metalinguagem estética

proíbe-me de avançar no espaço

de alcançar o anseio

o meio mais fugaz de fugir

do encontro cruel

que não poderei evitar eternamente



o momento afinal é de luta

o momento afinal é de dor

a lágrima e a falta de culpa

a angústia o momento

o amor

foi destruído

apenas pequenas peçasriver

podem ser encontradas

no espaço vazio do meu coração

as pessoas não copiam

porque não compreendem a lição

que passo no quadro de giz

que passo no quadro

minha dor desloca-se em voos de perdiz

minha dor é um ser alado...



para escrever no espaço branco

devo crescer com a dor que isso me traz

aprender com a palavra professora

como a poesia aluna rebelde

como a luz aprende com a sombra

como a lágrima ensina a sorrir

busco as dimensões do sono

para fugir do abandono

sei de meus limites todos

porém ultrapasso minhas fronteiras

minha angústia não tem barreiras



todo rio contorna seus obstáculos

nada pode detê-lo

enquanto houver água

todo homem mantém seu orgulho forte

nada pode vencê-lo

enquanto houver mágoa

todo homem todo rio toda luta

todo rio supera

todo homem contorna

enquanto houver água

enquanto houver mágoa

enquanto houver lágrima

Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

6 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;