Leia também...

Leia também...
Homo Sapiens x Homo Cyber

Leia também...

Leia também...
O Humor nos Tempos do Cólera

Leia também...

Leia também...
Os 10 Mandamentos da Vida Virtual

Leia também...

Leia também...
Santos Reis

O que fizeram com o nosso Hino Nacional?

terça-feira, 29 de junho de 2010

Tenho assistido aos jogos da Copa do Mundo e gosto especialmente do momento em que os hinos dos países são apresentados. É interessante observar como cada jogador reage diante da música que simboliza seu país, que ele defende dentro de campo. A reação da torcida também desperta-me a atenção, especialmente quando o hino é cantado de forma a sobrepor-se ao horrível som das vuvuzelas. Um hino nacional desperta de fato o sentimento nacionalista em quem dá valor a seu país e tem essa consciência.



Entretanto, estou furioso com o fato de que, nos jogos do Brasil, nosso Hino Nacional Brasileiro, tão belo, não seja executado integralmente. Acho isso simplesmente um absurdo! É inadmissível o que é feito, reduzindo-o à primeira estrofe, apenas. Há alguns anos, executava-se apenas a primeira parte, com a alegação de que o hino é muito grande e o cerimonial não o comportava integralmente. Mas agora ficou ridículo!... O corte “aleijou” musicalmente nosso hino e tornou sua letra (pelo menos a parte exibida) totalmente sem sentido.



Para mim, trata-se de uma falha gravíssima da diplomacia brasileira, da Confederação Brasileira de Futebol e uma grande falta de respeito por parte da FIFA. É necessário que alguma voz se levante em relação a isso. Não vi ninguém das diversas mídias — rádio, televisão, jornais, portais — manifestar-se a respeito. Outros hinos, não obstante a duração dos mesmos (basta cronometrar) são tocados integralmente ou, quando há cortes, digamos que fica algo pelo menos inteligível tanto do ponto de vista musical quanto da letra.



Compreendo que muitos brasileiros não compreendem a letra do nosso hino, pelo contexto histórico em que o mesmo foi escrito (supremacia do Parnasianismo, estilo literário marcado pela linguagem rebuscada) e pelo fato de o brasileiro desconhecer a riqueza de nossa língua. Para os interessados, existem vários sítios na internet que trazem estudos do nosso hino, esclarecendo muito bem o que ele quer dizer. É só buscar “Estudo do Hino Nacional Brasileiro” que certamente encontrarão vários. Particularmente, gosto de um pequeno estudo feito pelo militar da FAB, escritor e poeta Fabbio Cortez.



Posto meu protesto neste espaço invicioneiro para que minhas palavras possam se replicar e, quem sabe, motivar mais alguém a se mover contra essa falta de respeito com nosso símbolo nacional. Quem sabe uma campanha no Twitter para que toquem nosso hino em sua integridade? E mais do que isso, que o hino nos toque, para que percebamos a importância de termos consciência em relação aos problemas de nosso país.



Deixo a seguir meus versos toscos, para fechar esse post.



hinoBrasileiro

(Clique na imagem para ampliar)



“Tino racional brasileiro”



Ouviram o choro das águas

que inundam metrópoles no sul

e arrasam cidadezinhas no norte

e o sol da verdade não brilha ainda

oculto no eclipse da jabulani



Brasil, um sonho intenso de razão

nos momentos plenos de alienação

surge insensato somente em aliteração

na peleja dos versos de rimas paupérrimas

como o povo que ora agora por ajuda

e as rimas pobríssimas em “ão”

ainda não falaram da eleição

mas falarão (ou não?)



Ó pátria amada, idolatrada,

salve-nos, salve-nos!



Brasil, um raio vívido

fugido aos céus com um anjo caído

anuncia mais chuva onde havia seca

e estamos por aqui sentindo frio

aquecidos em nossas casas sem conceber

o quanto sofre quem perdeu tudo



Este tino racional brasileiro

precisa ser despertado novamente

precisamos cantar o hino que nos motive

a torcer não apenas por um time de futebol

mas pelo brilho e calor de um novo sol

que nos permita ser jogadores dessa partida

em que venceremos a copa de nossa vida.



Sobre o Autor:
The EDN

The EDN - sou industriário, trabalho há 27 anos na Cedro (indústria têxtil centenária de Caetanópolis, MG) e atuo como professor há 24 anos em escolas particulares e públicas

Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

3 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;