Leia também...

Leia também...
Homo Sapiens x Homo Cyber

Leia também...

Leia também...
O Humor nos Tempos do Cólera

Leia também...

Leia também...
Os 10 Mandamentos da Vida Virtual

Leia também...

Leia também...
Santos Reis

Contra a trollagem o melhor remédio é o escárnio

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Segundo a Wikipédia:  Os trolls são criaturas antropomórficas do folclore escandinavo. Poderiam ser tanto como gigantes horrendos - como ogros - ou como pequenas criaturas semelhantes a goblins. Viviam em cavernas ou grutas subterrâneas.

 

troll

Imagem: http://www.performanceboats.com/

 

Nos dias de hoje o termo troll é mais usado em relação a pessoas que poluem os grupos de discussão com ataques pessoais, mensagens sem conteúdo e opiniões (quase sempre negativas) que pouco acrescentam ao tema discutido. É sem dúvida um pouco pesado comparar alguém a um troll, mas isto só mostra a indignação que estas pessoas são capazes de causar. [Guia do Hardware]

 

Parece que a trollagem está impregnada na internet tal como erva daninha, não adianta podar que todo dia nasce outra. E o que fazer com eles?

 

Johann Goethe já dizia: “Quem, de três milênios, não é capaz de se dar conta, vive na ignorância, na sombra, à mercê dos dias, do tempo.” Portanto não adianta lutar contra eles, o melhor a fazer é ignorá-los. A maior decepção para um troll é ver que seu intento não obteve êxito, sim, porque o intento do troll não é nada além de tentar aparecer às custas da fúria alheia.

 

Um troll legítimo nunca alcançará êxito algum, por que sua vida é pautada pela prática inoportuna de perturbar o sossego alheio, são dementes que vivem de espezinhar e atormentar as pessoas, em suma, são ignorantes, e, infelizmente: “A ignorância é um mal invencível.”

 

A conduta do troll é considerada como um teste do limite e saturação da paciência e do bom senso das pessoas, pondo à prova sua etiqueta e seu equilíbrio e, suas vítimas, diante das insistentes provocações, podem perder ou não seu comportamento polido e até mesmo chegar a agressões pessoais. [Jornal A Crítica de 11/06/2010]

 

Todos que militam na seara da internet, seja blogueiro ou twitteiro, já presenciaram os ataques destes parasitas on line. Pergunte para um troll qual é seu intento? Ele simplesmente não saberá responder, por que troll não tem objetivo, tem vítima.

 

As vítimas preferidas dos trolls são sempre algum blogueiro de prestígio, ou que possui certa relevância, seja na blogosfera, seja no twitter, ou ambos os casos. Muitos não conseguem aceitar o sucesso alheio e para se fazer notar, querem discordar e atazanar  da opinião destas pessoas.

 

troll-2

 

O comportamento troll visa desestabilizar a vítima, fazendo com que ela desça ao seu nível, perca completamente a razão e se queime perante as pessoas que a circunda.

 

Enganam-se os que pensam que todos os  trolls são analfabetos virtuais que vivem de perturbar o sossego da web. Por incrível que pareça, existem alguns trolls bem informados, que possuem certo conhecimento sobre o tema. Sua maior frustração é não conseguir atingir o status de sucesso de sua vítima. “O termômetro do sucesso é apenas a inveja dos descontentes.” [Salvador Dalí]

 

Resumindo o troll não passa de um frívolo, é um indivíduo invejoso, amargurado e frustrado que não consegue obter sucesso com seus atos e quer desmerecer o feito de quem consegue.

 

Por isso ninguém deve dar crédito às provocações dos trolls, pois a intenção deles é justamente nos tirar do sério, despreze seus atos e logo eles irão procurar outro que lhe dê guarida, quando não mais encontrarem, eles morrerão de inanição. Afinal: “O desprezo é a forma mais sutil de vingança.”

 

Qualquer um pode discordar das opiniões, afinal, cada cabeça uma sentença, mas ninguém pode perder de vista que a discordância,  necessariamente, precisa ser pautada pelo respeito. Respeitar para ser respeitado é tônica de qualquer relacionamento, seja ele real ou virtual. Se você já chega vociferando, não espere que as pessoas lhe recebam bem.

 

Sobre o Autor:
José Márcio

José Márcio - Editor Chefe dos Invicioneiros, leitor voraz e aprendiz de escritor.Tem opinião e assume os riscos Saudosista dos anos 80. E palpiteiro inveterado. Me Siga no Twitter [@jmpsousa].

Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

9 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;