Leia também...

Leia também...
Homo Sapiens x Homo Cyber

Leia também...

Leia também...
O Humor nos Tempos do Cólera

Leia também...

Leia também...
Os 10 Mandamentos da Vida Virtual

Leia também...

Leia também...
Santos Reis

O que fazer com as críticas dos leitores?

terça-feira, 13 de julho de 2010

 

"A leitura crítica é geradora de significados, em que ao ler, o leitor cria seu próprio texto com base no que foi lido, concordando ou discordando da idéia principal."(Edileuza Santos)


 

Este tema é um dilema para muitos blogueiros, pensei nele ao ler um comentário de um leitor sobre um texto que fiz, acho desnecessário citá-lo aqui. Claro que não gosto de críticas destrutivas, creio que ninguém gosta, ainda mais sem embasamento para justificá-la, mas tentei processar aquela opinião do leitor a meu favor pois a partir dela comecei a fazer uma reflexão sobre meus textos, minha postura e até meus princípios com isso cheguei a algumas conclusões que vou repartir aqui com vocês:

Consciência

É preciso ter consciência que por mais que sejamos blogueiros esforçados e considerados bons por muita gente haverá sempre quem não goste do que fazemos, portanto o "não gostar" não está diretamente ligado a nossa competência enquanto blogueiros por ser um critério bem subjetivo. Temos que ser capazes de reconhecer que não somos perfeitos, nem sempre acertamos e nem sempre agradaremos. Nem todos os leitores irão concordar com o que escrevemos e precisamos estar preparados pra argumentar quando for necessário.

# Blogueiro, ficwriter ou escritor de gaveta: aceitar críticas é fundamental. - Limão em Limonada

# A vida online não é feita só de elogios - Limão em Limonada



Gentileza gera gentileza

Se não sabe criticar com educação e bons argumentos melhor deixar para outra oportunidade onde você esteja em melhor condição de fazê-la valer a pena. É desnecessário agredir ou ofender leitores mal educados e grosseiros, a estes cabe o bom e velho silêncio, para quê perder tempo dando resposta para quem não se dirige aos outros com um mínimo de respeito? Não agrida nem revide as ofensas de leitor em público mesmo que ele mereça, ofereça a ele a oportunidade de mudar de opinião a seu respeito ou desconsidere o que ele disse.

# A blogosfera dos sonhos - Os Invicioneiros



Você é o que você fala

Não importa as circunstâncias, culpas ou motivos, muitas pessoas estão preparadas para condenar e julgar, mas poucos sabem entender suas reações e posições, até você explicar já se desgastou o suficiente e nem todos estão dispostos a lhe compreender.

# Qual o limite da liberdade de expressão na blogosfera? - Escritos Ideológicos



Não generalize

É bom não generalizar pois nem tudo é mimimi ou trolagem, vamos avaliar caso a caso mais com a razão do que com a emoção, embora nossa emoção também deva ser considerada em algum momento. As críticas bem argumentadas  e construtivas não devem ser ignoradas pois elas merecem ser respondidas e avaliadas pelo blogueiro.

# Divergir é preciso, porém... - Os Invicioneiros



  Ponderar também é preciso

É muito difícil para nós blogueiros recebermos qualquer espécie de crítica seja ela positiva ou negativa sem sofrer qualquer tipo de influência, de algum modo isso nos atinge, quando é boa nos motivamos a melhorar e a produzir mais e quando é ruim ficamos de certo modo irritados ou preocupados com o que pensam a nosso respeito. Pois uma imagem ruim é muito mais fácil de se propagar do que uma imagem boa, parece que as pessoas estão mais dispostas a botar mais lenha na fogueira, mas falar bem de você é algo mais difícil de se conseguir das pessoas.


Ao recebermos a crítica devemos analisar bem 4 elementos básicos que determinarão nossa postura frente a ela:


# Conteúdo - o que foi dito, o significado, o sentido das palavras

# Autor - quem fez a critica, quem opinou a respeito

# Motivo - porque fizeram a crítica? motivada porque qual situação ou fato?

#Forma ou modo - qual a maneira que foi feita a critica? foi feita com: educação, gentileza, grosseria, ou ingenuidade?


Depois de observados estes elementos creio que ficará mais fácil ter uma ideia de como lidar com cada situação, pois somos pessoas diferentes para diferentes pessoas, quero dizer que para cada indivíduo cabe um tipo de tratamento, mas tudo vai depender da forma como ele te aborda e de como você absorve as ideias  passadas por ele.

É claro que aliado a isso tudo entra sua personalidade  e maturidade para lidar com adversidades, eu por exemplo sempre fui tímida e me posicionava muito pouco sobre as coisas que me rodeava, mas quando comecei a trabalhar com o público mudei, pois vejo que em várias ocasiões eu preciso me impor, defender meus argumentos, explicar os equívocos que possam surgir e dar a informação de modo mais claro e objetivo possível, hoje eu sei falar e escrever sobre aquilo que acredito porque aprendi com os conflitos que vivi que não foram poucos e continuo aprendendo a cada dia, tudo me serve de combustível para melhorar.


Considerações finais

Portanto, neste universo da blogosfera eu tento usar da mesma tranquilidade e discernimento, nem sempre consigo, pois sou humana, cometo meus erros, deixo as emoções aflorarem, este fato de ser mulher e instável também ajuda a oscilar o humor e minha maneira de ver as coisas, ora fico muito brava com algumas coisas que vejo e leio, ora fico neutra sem me importar mais tanto como antes, é uma questão de tempo,  com isso busco aprender com a vida blogueira também até porque nada é eterno, nem precisa ser.

 

Sobre a Autora:
Ana Karenina

Ana Karenina - Autora do blog Escritos Ideológicos. Uma baiana, natural de Salvador, adora ler, blogar, tuitar e interagir na internet. Tem como única pretensão na blogosfera: ser feliz escrevendo sobre o que gosta.

Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

4 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;