Leia também...

Leia também...
Homo Sapiens x Homo Cyber

Leia também...

Leia também...
O Humor nos Tempos do Cólera

Leia também...

Leia também...
Os 10 Mandamentos da Vida Virtual

Leia também...

Leia também...
Santos Reis

Receita especial

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Hoje me demorei um pouco a publicar o post porque, ainda que esteja de férias totais, muitos compromissos caseiros, como ajeitar um galinheiro,  fazer o sortimento mensal das despesas, entre outros, ocuparam-me o tempo até neste momento, 16h29min, em que começo a redigir esse post.

 

 

Mas algo tomou-me mais tempo hoje. Prometi à minha família cozinhar nestas férias e, até hoje, não tinha feito mais que o café da manhã. Comprei um filé de frango e vou prepará-lo, com todo o carinho.

 

 

Mas esse post não é para contar-lhes a receita especial que prepararei hoje. É para falar de algo além disso: da convivência familiar. Tenho comigo valores que, ao longo de minha vida, constituíram o que acredito ser essencial à qualquer família. E um deles é a dedicação. Dedico-me a meus familiares da melhor maneira que posso. Não posso prever o futuro, mas quero que meus filhos já rapazes tenham um bom modelo de pai, de profissional e, sobretudo, de homem para seguir. E que esse modelo seja eu e não outra pessoa.

 

 

Não quero ser o melhor pai do mundo. Quero apenas ser o pai que ama incondicionalmente seus filhos, que briga por eles e com eles quando necessário. Também não quero ser o melhor profissional do mundo. Quero apenas cumprir o meu papel com a máxima dedicação e competência que puder. Nessa mesma linha, não quero ser o melhor homem do mundo, apenas que, como homem, possa ser respeitado por aqueles que me cercam.

 

 

Quanto a minha esposa, quero ser para ela o companheiro, amigo e namorado. Não preciso detalhar o que isso significa para ela, pois é exatamente o que ela significa para mim.

 

 

Prepararei hoje um prato especial. Compartilho com os leitores desse blog um pouco da minha vida toda semana. Mas não compartilharei essa receita. Cada um deve ter a sua.

 

 

 

“Receita”

 

 

peço a esta manhã de julho

(tão bela!)

que não passe, fique perpétua

trazendo o cheiro suave da folha dos eucaliptos

que circundam meu bairro

a brisa suave de um tempo magnífico

que um dia desaparecerá

 

 

fecho os olhos e acredito

que não haverá outro momento para essa receita

preparo-a com o tempero especial do carinho

que marcará meu paladar sem poesia

antes que o lirismo me invada

 

 

não haverá outro momento para essa receita

nem haverá nenhuma poesia que seja perfeita

mas nas entrelinhas dessas palavras está escondida

sentimentos verdadeiros que marcam minha vida

 

 

frango

Sobre o Autor:
The EDN

The EDN - sou industriário, trabalho há 27 anos na Cedro (indústria têxtil centenária de Caetanópolis, MG) e atuo como professor há 24 anos em escolas particulares e públicas

Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

7 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;