Leia também...

Leia também...
Homo Sapiens x Homo Cyber

Leia também...

Leia também...
O Humor nos Tempos do Cólera

Leia também...

Leia também...
Os 10 Mandamentos da Vida Virtual

Leia também...

Leia também...
Santos Reis

Quem são os chatos do twitter

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Todos que militam no twitter já presenciaram ataques histéricos de pessoas ensandecidos contra alguém e o fim da frase é sempre o mesmo: como esse sujeito é chato! Logo o conceito de chato ganhou um novo significado nos tempos de redes sociais.

 

Segundo o Houaiss, chato é: que ou o que é maçante, enfadonho ou insistente; que ou o que aborrece, perturba ou preocupa. Já nas redes sociais, normalmente é taxado de chato todo aquele que não concorda com o que dissemos ou aquele que por um motivo ou outro, não nos dá a devida atenção. Já a celebridade já vem com a chancela de chato desde seu ingresso. Aliás, grande parte das pessoas considera o próprio twitter chato.

 

Considero que a questão de ser chato, ou não nas redes sociais, é subjetiva, já que é comum alguns considerarem certa pessoa chata e outros não comungarem do mesmo pensamento. São os chamados preconceitos ou muitas vezes são estereótipos que nutrem um sentimento desfavorável formado sem conhecimento abalizado.

 

Os chatos não nasceram pra nada que seja útil, falam sem parar e falam tocando em você, atrapalham qualquer pessoa fazendo qualquer coisa em qualquer situação, em qualquer lugar e a qualquer momento. Eles têm consciência de que são inconvenientes, porque alguém já falou isso pra eles na lata, mas não têm desconfiômetro, uma qualidade que permite a uma pessoa saber a hora de calar a boca pelo menos por medo de não perder os dentes.[Desciclopédia]

 

Pra você taxar um indivíduo de chato é pré-requisito possuir certo conhecimento e relacionamento com essa pessoa em questão, não podemos considerar chatos pessoas com as quais só conhecemos de ouvir falar ou balizar nossa opinião em opinião de terceiros. Uma coisa é certa, o chato propriamente dito normalmente é unanimidade, quer sempre ser o centro das atenções. Se um número considerável de pessoas disser que determinado indivíduo é chato, é bem possível que de fato ele seja, mas é você que precisa se certificar disso.

 

Nas redes sociais, principalmente o twitter, diariamente surge um chato novo. E o que é de fato realidade é o que invencionice? Muitos consideram a pessoa que defende uma determinada opinião e seja intransigente chato, não concordo essa assertiva, nesse caso o sujeito pode ser inflexível, mas não é chato.

 

Quem um exemplo prático de chato no twitter? Esses “cagadores de regras” que vivem corrigindo a grafia da palavras #LEIÃO, #APRENDÃO, #CORRÃO, etc. Qualquer imbecil, mais ou menos alfabetizado, sabe perfeitamente que essas palavras de fato não existem na língua portuguesa e são usadas com o único intuito de dar destaque ao tweet. Mas os tecnocratas de plantão adoram ficar espezinhando pessoas no twitter quanto ao uso das mesmas.

 

Existem várias motivações para alguém querer ser chato. Alguns usuários fazem-no como uma experiência de desestabilização, tentando esgotar a paciência de outro usuário, como, por exemplo, numa disputa editorial, ou até mesmo tentando esgotar a paciência de grande parte da comunidade. Dessa maneira, tentam criar uma brecha que poderá ser útil na prossecução dos seus objetivos. Outros fazem-no por uma motivação mais egoísta: sentem prazer em serem chatos; mais precisamente: sentem prazer na reação que provocam nos outros ao terem esse comportamento. [Wikipédia]

   

Convenhamos, rotular pessoas de chatos no twitter é a coisa mais tosca que existe, coisa de neguinho que quer chamar a atenção de uma forma totalmente arcaica e desprovida. Acha que vai conseguir atenção e notoriedade chamando o Willian Bonner de chato. Outra coisa, se você considera o sujeito chato, pra que diabos você está seguindo ele no twitter? Vá pentear macaco.

 

Sobre o Autor:
José Márcio

José Márcio - Editor Chefe dos Invicioneiros, leitor voraz e aprendiz de escritor.Tem opinião e assume os riscos Saudosista dos anos 80. E palpiteiro inveterado. Me Siga no Twitter [@jmpsousa].

Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

3 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;