Leia também...

Leia também...
Manual prático para lidar com gente chata nas redes sociais

Leia também...

Leia também...
Filosofia Para as Massas

Leia também...

Leia também...
Invicioneiro

Leia também...

Leia também...
De criança para criança

10 coisas detestáveis e irritantes em blogs

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

 

Sou um leitor voraz de blogs, não tenho predileção por nenhum assunto específico, apenas não abro mão de verificar a qualidade da escrita do blogueiro. Um blogueiro que articula bem as palavras ganha logo minha admiração e respeito.

 

fotos_994_tombo feio

 

O vertiginoso crescimento da blogosfera permitiu o surgimento indiscriminado de blogs de toda sorte e natureza. Portanto é relativamente fácil encontrar conteúdos de qualidade, como também conteúdos pífios. Não me refiro, obviamente, à questão do nicho para respaldar minha opinião, como eu disse anteriormente, o que levo em consideração para definir minha opinião não é o assunto, mas a forma de abordagem.

 

Pensando nas inúmeras nuances que permeiam esse latifúndio midiático, achei por bem elaborar uma lista com questões que considero totalmente descabidas e inexplicáveis na composição de blogs, mas que muitos insistem em utilizar.

 

1. Layout que mais parece uma vitrine de shopping, de tão colorido e ornado. Em pleno século XXI, tem gente que ainda pensa que o que chama a atenção em um blog é o número de widgets;

 

2. Artigos repletos de erros gritantes de português. E olha que costuma não serem palavras tão fora do habitual, são essas comumente utilizadas;

 

3. Publicação de vídeos baixados do Youtube e/ou imagens,  sem qualquer referência ou complementação pessoal. Gente que pensa que aquele vídeo e/ou imagem engraçada ainda é novidade;

 

4. Posts mal formatados, sem a devida atenção à estética. Uma linha aqui outra ali e as dificuldades são enormes para entender onde começa e onde termina cada coisa;

 

5. Abordagem de assuntos sem conhecimento específico e sem citação de fontes ou artigos para respaldar a opinião emitida. Ok, entendo que a liberdade de expressão é uma das maiores conquistas pós ditadura. Mas custa dar uma pesquisada sobre o assunto a ser abordado para evitar opiniões totalmente esdrúxulas e sem nexo?;

 

6. Falta de amarração, coerência e coesão no texto. Neguinho começa o texto falando de um assunto, muda no meio e no fim nem ele mesmo sabe sobre o quê está escrevendo;

 

7. Falta de periodicidade nas publicações. O sujeito publica um post hoje e outro daqui a 2 meses;

 

8. Prioridade dos anúncios em detrimento ao conteúdo. O espaço destinado aos anúncios é enorme, já o texto fica achatado num canto qualquer;

 

9. Execução de música automática na abertura do blog. Sinceramente, essa é a coisa que mais me irrita quando acesso um blog, simplesmente detestável, nunca mais retorno;

 

10. Demora excessiva na aprovação dos comentários. Entendo que numa época em que a trollagem está cada dia mais ativa, a moderação de comentários tornou-se obrigatória. Mas levar dias ou até semanas para aprovar os comentários, torra a paciência de qualquer um.

 

Está aí minha listinha básica, obviamente que a grande maioria deve ter percebido que omiti os blogs parasitas. Foi puramente intencional, já que esses nem merecem citação pela insignificância.

 

Alguns defenderão a tese de que os blogs mais acessados são justamente aqueles que publicam os famosos vídeos divertidos, piadas toscas e imagens bizarras. Bem, isso é relativamente uma verdade, mas prefiro viver no ostracismo do que ser incluído no temido rol  de blogs desprezíveis. Se você não se importa com isso, vá em frente! Afinal, a suas ações é que determinam o foco e o tamanho de sua ambição.

 

Sobre o Autor:
José Márcio

José Márcio - Editor Chefe dos Invicioneiros, leitor voraz e aprendiz de escritor.Tem opinião e assume os riscos Saudosista dos anos 80. E palpiteiro inveterado. Me Siga no Twitter [@jmpsousa].

Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

15 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;