Leia também...

Leia também...
Homo Sapiens x Homo Cyber

Leia também...

Leia também...
O Humor nos Tempos do Cólera

Leia também...

Leia também...
Os 10 Mandamentos da Vida Virtual

Leia também...

Leia também...
Santos Reis

Com Vergonha de Ser Macho?

sábado, 18 de dezembro de 2010

Since_1970

 

Cheguei finalmente aos 40. Quando não tinha nem metade disso, cheguei a acreditar que não passaria dos 20 (!), embora o espírito ainda pareça nem ter 16...

 

Olhando-me no espelho, até acho que não estou tão acabado assim, ainda mais para quem começou a ralar muito cedo (aos 10 anos), vendendo jornal e picolé nos semáforos de Contagem, para ajudar no sustento da família, sob sóis e chuvas intensos, sem protetores solares e contando apenas com a proteção divina.

 

Com o passar dos anos, o rosto ficou mais redondo, resultante dos quilinhos a mais e da ascendência indígena. A protuberância abdominal (e não posso nem dizer que é decorrente de cerveja, pois não bebo) aproxima a minha silhueta à de um parente símio da teoria de Darwin.

 

Em compensação, ainda tenho todos os dentes, todos os fios de cabelo na cabeça e não preciso de Greicim 2000. Ainda que seja ainda

 

O curioso é que, com a idade, também já percebo um conflito de minha geração com as seguintes.

 

Eu não sei se é porque cresci assistindo aos filmes de faroeste, onde os gêneros são muito bem definidos: homem é homem, mulher é mulher, e olho, com orgulho, para os pelos de meu peito, acabo ficando pasmo ao ouvir dizer que os carinhas de hoje estão se depilando radicalmente!

 

Pôxa, ou eu estou ficando retrógrado com o avançar da idade ou esta tal de metrossexualidade andrógina impõe aos homens a vergonha de serem machos?

 

Calma! Eu não estou dizendo que o cara que não tem pelos é menos másculo que o Tony Ramos. Nada disso. Mas se expor à tortura de uma depilação com cera quente e utilizar instrumentos medievais de tortura como pinças para extirpar os capilares que o testosterona generosamente nos dá, é algo realmente impensável para este escriba caquético e ultra-ortodoxo. Ou preciso rever os meus conceitos ou então não sou macho o suficiente para me submeter a estes procedimentos estéticos da nova era!

 

Mas é como dizem: cada um, cada um…

Sobre o Autor:
Harley Coqueiro

Harley Coqueiro - um cara da paz, iluminista, torcedor do Galo, evangélico não fundamentalista, pai do Ulisses e do Dante. Já desenhou charges, escreveu poemas e compôs canções gospel. Tem como pecados, gostar em excesso de rock'n'roll, filmes e comida!

Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

8 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;