Leia também...

Leia também...
Homo Sapiens x Homo Cyber

Leia também...

Leia também...
O Humor nos Tempos do Cólera

Leia também...

Leia também...
Os 10 Mandamentos da Vida Virtual

Leia também...

Leia também...
Santos Reis

Bravura Indômita

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

 

True_Grit_Coen_Bros_Invicioneiros

 

Para aqueles (e aquelas) que apreciam filmes de faroeste como eu, os irmãos Ethan e Joel Coen estão nos presenteando com um “remake” do clássico “Bravura Indômita” (True Grit, 2010).

 

A versão original é de 1969, e contou com a brilhante atuação de um dos maiores e mais carismáticos atores “hollywoodianos” de todos os tempos: John Wayne, que fez o papel do xerife Reuben J. Cogburn (que na versão atual é vivido por Jeff Bridges) e teve a direção equilibrada e primorosa de Henry Hathaway.

 

Baseada na obra de Charles Portis, a trama gira em torno do desejo de vingança da menina Mattie Ross (atuação muito elogiada da jovem Hailee Steinfeld de apenas 13 anos -  indicada ao Oscar, inclusive) que  contrata um ex-xerife beberrão com tapa-olho (Jeff Bridges) e o “Texas Ranger” La Boeuf (Matt Damon), para que capturem o assassino de seu pai. Ela exige que vá junto na jornada, para ter a certeza de que o contrato será fielmente cumprido. Na perseguição, em meio aos inúmeros conflitos de personalidades (clichês nestes filmes), eles acabam entrando em território indígena, na intenção de alcançar o criminoso Tom Chaney (Josh Brolin).

 

True_Grit_Invicioneiros

 

Vejam o “trailer” legendado em HD:

 

 

 

No faroeste moderno “Onde Os Fracos Não Têm Vez”, os irmãos Coen já demonstravam o talento para o “western”. Inclusive contrataram o ator Josh Brolin que em “Onde os Fracos Não Têm Vez” fez o papel do “mocinho”.

 

Para este escriba é a união do “útil ao agradável”, pois além de apreciar filmes clássicos de “bang bang”, é fã da obra e do humor negro dos irmãos Coen, que dirigiram filmes do quilate de um “Gosto de Sangue” , “Fargo” (tenho até hoje a versão em VHS) e “Onde os Fracos Não Têm Vez”.

 

Eu ainda não assisti ao filme e quero vê-lo no cinema. Por isso enviei um “e-mail” para a Fox Cine Clube de Sete Lagoas para saber sobre a previsão de exibição de “Bravura Indômita” e ainda não obtive resposta. Tentei falar por telefone com o Cinema do Shopping Sete Lagoas e nada. Tomara que não deixem de exibir este filme na região!

 

Alguns comentários que li sobre o “remake” de “Bravura Indômita” concordam que o filme é bom, mas alegam que é um pouco lento. Mas esta cadência é uma característica do estilo Coen (no espetacular “Onde os Fracos Não Têm Vez” é assim também).

 

Os irmãos Coen inventaram de dizer que jamais assistiram ao filme original, o que é o maior “totonho” *, como se diz aqui no Cedro…

 

E para finalizar, dizem que a combinação de imagens de “Bravura Indômita” com a música “God's Gonna Cut You Down” de Johnny Cash é algo de arrepiar!

 

 

 

 * mentira, lorota, exagero.

Sobre o Autor:
Harley Coqueiro

Harley Coqueiro - um cara da paz, iluminista, torcedor do Galo, evangélico não fundamentalista, pai do Ulisses e do Dante. Já desenhou charges, escreveu poemas e compôs canções gospel. Tem como pecados, gostar em excesso de rock'n'roll, filmes e comida!

Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

7 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;