Leia também...

Leia também...
Homo Sapiens x Homo Cyber

Leia também...

Leia também...
O Humor nos Tempos do Cólera

Leia também...

Leia também...
Os 10 Mandamentos da Vida Virtual

Leia também...

Leia também...
Santos Reis

Isolation

domingo, 1 de maio de 2011

 

clip_image002

Nas minhas agora cotidianas viagens entre Caetanópolis e Sete Lagoas, passo cerca de 50 minutos dentro de um ônibus, que leva passageiros da vizinha Paraopeba também. Às vezes, leio alguma coisa. Mas, na maior parte do tempo, fico observando o que ocorre ao meu redor. Há dias que o veículo encontra-se lotado. Noutras, nem tanto. Em todos os dias, porém, é possível perceber como as pessoas preferem o isolamento.

 

 

Caetanópolis e Paraopeba representam as típicas cidades interioranas mineiras, com suas tradições e uma cultura peculiar. Digo que Sete Lagoas, embora seja uma das maiores cidades de Minas (e a que mais vem crescendo), também possui tais características. As pessoas que trafegam nessas viagens pertencem, em sua maioria, a essas três cidades.

 

 

Esse isolamento que percebo manifesta-se de três maneiras básicas:

* a preferência por sentar-se sozinho, colocando na poltrona do lado algum objeto que “diga” ao outro que não quer companhia;

* fechar os olhos fingindo dormir ou olhar para a paisagem da janela o tempo todo;

* simplesmente ignorar a presença do outro.

 

 

Muitas vezes, acho triste ouvir apenas o ruído do motor do veículo e dos solavancos, enquanto as vozes que ouço invariavelmente são de alguém ao telefone celular. Praticamente ninguém conversa com o passageiro ao lado. Compreendo que o paradoxo da vida clip_image001moderna esteja inexoravelmente presente. Mesmo com tanta evolução dos meios de comunicação, o homem tem se distanciado cada vez mais um do outro. É interessante perceber que, já com meus 45 anos de vida, não consigo assimilar esse tipo de comportamento, mesmo não sendo daquelas pessoas que se digam expansivas. Muito pelo contrário. Sou extremamente tímido, meio fechado às relações imediatas.

 

 

Relato nesse post uma percepção de um mundo moderno, preocupado com o rumo que as coisas tomam. Tenho uma responsabilidade como pai, educador, administrador e cidadão no sentido de influenciar as pessoas e isso é algo que quero sempre fazer com a intenção de torná-las melhor.

 

 

Admiro muitas pessoas que deixaram marcas positivas de sua existência e, para ilustrar esse post, quero deixar aos leitores uma música de John Lennon, cuja maior interpretação, para mim, é a de Joe Cocker: “Isolation”.

 

 

Isolation

John Lennon

 

 

People say we got it made don't they know we're so afraid

we're afraid to be alone, everybody got to have a home

Isolation

 

 

Just a boy and a little girl

trying to change the whole wide world

Isolation

 

 

All the world is a little town

everybody trying to put us down

Isolation

 

 

I don't expect you to understand

after you caused so much pain

But the again you're not to blame

your just a human, a victim of the insane

We're afraid of everyone, afraid of the sun

Isolation

 

 

The Sun will never disappear

but the world my not have many years

Isolation

 

 

 

Isolamento

 

As pessoas dizem que temos a vida boa, não entendem que estamos tão amedrontados?

Temos medo de ficarmos sós , todo mundo precisa de um lar

Isolamento

 

 

Apenas um menino e uma menina pequena

Tentando mudar o mundo inteiro

Isolamento

 

 

O mundo é apenas uma pequena cidade

Todo mundo tentando nos diminuir

Isolamento

 

 

Não espero que vocês entendam

depois de terem causado tanta dor

Mas de novo, você não é culpado

Você é apenas um humano, uma vítima do insano

Estamos com medo de todo mundo, com medo do sol

Isolamento

 

 

O sol jamais irá desaparecer

mas o meu mundo não pode ter tantos anos

Isolamento

 

 

Sobre o Autor:
The EDN

The EDN - sou industriário, trabalho há 27 anos na Cedro (indústria têxtil centenária de Caetanópolis, MG) e atuo como professor há 24 anos em escolas particulares e públicas

Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

9 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;