Leia também...

Leia também...
Homo Sapiens x Homo Cyber

Leia também...

Leia também...
O Humor nos Tempos do Cólera

Leia também...

Leia também...
Os 10 Mandamentos da Vida Virtual

Leia também...

Leia também...
Santos Reis

Manifesto da Blogosfera ou Pantomima?

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

A sabedoria popular nos ensina que é sempre mais prudente prevenir do que remediar. Cediço,  muitas vezes é preferível conter o ímpeto para palpitar em certos assuntos, do que fazê-lo e depois  ter que passar os dissabores de enfrentar uma enxurrada de críticas.

 

palhaço1 

Obviamente que não estou aqui querendo desestimular quem quer que seja a tomar suas atitudes, ou ter opinião. A liberdade de expressão é um direito sacramentado em nossa Constituição Federal, porém é preciso estar ciente também que, arcar com consequências dos nossos atos é a conta que pagamos ao exercermos esse direito.

 

O direito à liberdade de expressão garante a qualquer indivíduo a possibilidade de se manifestar, de buscar e receber informações e idéias de todos os tipos, independentemente da intervenção de terceiros. Isto pode ocorrer oralmente, de forma escrita, através da arte ou de qualquer meio de comunicação. [artigo19.org]

 

Na blogosfera é comum nos deparamos com pessoas que usam com sabedoria as palavras. Conseguem transmitir o intento com uma simplicidade e clareza elogiável, e ser simples não é fácil, ser simples é uma tarefa um tanto quanto complicada, é necessário muita sabedoria.

 

Alguns que conviveram sobre a batuta da ditadura e da brutalidade do regime militar, sabem melhor do que ninguém o valor que a liberdade representa. A repressão, a intimidação é que davam a tônica, manifestações públicas contra o regime, eram punidas severamente, alimentadas pela heresia de se manter a ordem.

 

Uma conduta irrepreensível consiste em manter cada um a sua dignidade sem prejudicar a liberdade alheia. (Voltaire)

 

Hoje, felizmente, vivemos num estado democrático de direito, que senão consegue cumprir todos os dispositivos constitucionais que garantam um mínimo de conforto e segurança, proporciona liberdade, diga-se de passagem, conquistada de forma árdua à custas de muita luta e sofrimento de nossos precursores.

 

Ainda que tenhamos conquistado a liberdade, e alguns não achem que ela seja totalitária, é inegável que muitos, infelizmente, não saibam exercer com sabedoria tal benesse ou a faça de forma totalmente equivocada.

 

Sob o manto da formalização da blogosfera foi criado o tal O Manifesto da Blogosfera BR que segundo os idealizadores, nasceu da seguinte forma:

 

“Enquanto uns defendem que a blogosfera é livre e auto-regulada, outros acreditam que a “classe” precisa partir em busca de uma formalização. Durante quase 2 meses, mais de 250 pessoas se reuniram em uma página do Google Docs (aqui) pra discutir livre e colaborativamente alguns pontos e questões que consideravam importantes a cerca da blogosfera brasileira.” (sic)

 

Gustavo Jreige, mediador da discussão sobre o "Manifesto da Blogosfera", diz que o objetivo do texto era tratar das "grandes questões do mercado de blogs", como a legitimidade do uso de certos tipos de propaganda, as questões de direitos autorais e os limites éticos da produção de blogs como forma de ganhar dinheiro. (Folha.com)

 

Seria até certo ponto louvável tal iniciativa, se os idealizadores tivessem o mínimo de prudência e atentassem a alguns dados que deveriam ter sido considerados.

 

Segundo matéria do  site Uoltecnologia: “O sistema de busca de blogs Technorati publica pesquisas periódicas com números envolvendo uma das mais utilizadas ferramentas de criação de sites da Internet. O mais recente estudo indica que a rede já conta com cerca de 27,2 milhões de sites desse tipo e que esse número dobra a cada cinco meses e meio. São 75 mil blogs criados por dia. É como se um novo blog fosse criado a cada segundo. E, para assustar ainda mais, são aproximadamente 1,2 milhões de textos novos por dia, o que dá um total de 50 mil "posts" por hora.”

 

Se pegarmos um número médio dá para 'chutarmos' em 100.000 o número de blogs brasileiros em atividade nos últimos 3 meses. (Interney)

 

Decerto que, como eu ressaltei anteriormente a liberdade de expressão é uma das maiores conquistas pós ditadura, mas acho muita pretensão de uma trupe formada por “abnegadas” 250 pessoas, redigirem um documento em nome dos quase 100.000 blogs brasileiros e ainda ter audácia de intitulá-lo: O Manifesto da Blogosfera BR.

 

Faça me o favor! Isso não é, nem nunca foi um manifesto. Convenhamos, tal documento é um ultraje à inteligência dos milhares de blogueiros brasileiros. Além da pouca representatividade, o rol de recomendações mais parece uma lista sugestões, ou, como bem disse a leitora Michelli no referido post: “Não acho que seja um MANIFESTO, e sim mais um guia de boas maneiras misturado com dicas pra blogs terem mais qualidade.”

 

Ainda que o autor, ou autores, tivessem a intenção de elencar elementos para colaborar com a blogosfera como o post sugere, deveriam ter tido a cautela na hora de intitulá-lo. Fosse o texto: Manifesto à Blogosfera BR, apesar de ainda audacioso, pelo menos seria menos vexaminoso.

 

Não bastasse sua condição inapreciável, o tal manifesto ainda comete o despautério de cercear o direito à manifestação, já que meu comentário deixado no referido texto não foi publicado. E olha que não escrevi nada demais, senão vejamos:

 

Isso só pode ser piada né? Me recuso a acreditar que alguém prestou um desserviço à blogosfera redigindo algo tão esdrúxulo e sem nexo. Ademais ainda comete ao despautério de intitulá-lo “O Manifesto da Blogosfera”, tentei mas não consegui descobrir quem deu autoridade a vocês de falarem em nome da blogosfera. Sou blogueiro, mas quem ler esse documento vai pensar que somos uma horda de retardados.

 

Deixo aqui registrado meu desagravo contra o tal manifesto, ainda que não tenha a repercussão dos grandes blogs, não posso me calar e consentir que um grupo no qual estou inserido, seja tão vilipendiado. Não dei procuração pra ninguém falar em meu nome, aliás, nem fui consultado.

 

Sobre o tema:

Que PORRA é essa de “Manifesto da Blogosfera”?

Em 12 anos na blogosfera nunca vi tamanha idiotice: 'manifesto da blogosfera BR'?

O Manifesto da blogosfera e o papel do blogueiro enquanto formador de opinião

Um muro. Intransponível?!

 

Sobre o Autor:
José Márcio José Márcio - Editor Chefe dos Invicioneiros, leitor voraz e aprendiz de escritor.Tem opinião e assume os riscos Saudosista dos anos 80. E palpiteiro inveterado. Me Siga no Twitter [@jmpsousa].
Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

4 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;