Leia também...

Leia também...
Manual prático para lidar com gente chata nas redes sociais

Leia também...

Leia também...
Filosofia Para as Massas

Leia também...

Leia também...
Invicioneiro

Leia também...

Leia também...
De criança para criança

Três Canções de Protesto dos Anos 80

segunda-feira, 23 de abril de 2012

 

 

 

Iniciava-se a abertura política, após vinte anos de ditadura militar. Entretanto, a juventude brasileira na década de 80, muito além de suas calças “bag” de cós alto, cabelos “mullets” e tanguinhas fio dental, tinha a sensação de que o Brasil não pertencia à ela, mas às elites reacionárias.

 

diretas ja

Nesse contexto, surgiram várias canções de protesto (coisa que não existe mais hoje em dia!)  compostas pelos jovens roqueiros (e não mais apenas pelos artistas da MPB) que se tornaram “hits” e dentre as quais destaco “Pátria Amada” (Inocentes), “Que País é Esse?” (Legião) e “Brasil” (Cazuza).

 

 

“Pátria Amada” – Inocentes

Esta lendária banda punk do ABC, é considerada a autora do “Hino Punk Nacional”.

Bons tempos em que até o Serginho Groisman tinha graça!

 

 

 

“Que País é Esse?” – Legião Urbana

O retrato sombrio de um Brasil que vendera a alma de seus índios…

 

 

 

“Brasil” – Cazuza

Esqueça a versão cafona na voz de Gal Costa, feita para novelinha da Globo!

 

 

 

[Bonus Track 1]:

 

“Inútil” – Ultraje a Rigor

Essa música foi citada até por Ulysses Guimarães, no histórico discurso das “Diretas Já!”.

 

 

 

[Bonus Track 2]:

“Até Quando Esperar” – Plebe Rude

Eu delirei muito com essa música nos meus 15 anos…!

 

Sobre o Autor:
Harley Coqueiro

Harley Coqueiro - um cara da paz, iluminista, evangélico não fundamentalista, pai do Ulisses e do Dante. Já desenhou charges, escreveu poemas e compôs canções gospel. Tem como pecados, gostar em excesso de rock'n'roll, filmes e comida!

Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

4 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;