Leia também...

Leia também...
Homo Sapiens x Homo Cyber

Leia também...

Leia também...
O Humor nos Tempos do Cólera

Leia também...

Leia também...
Os 10 Mandamentos da Vida Virtual

Leia também...

Leia também...
Santos Reis

As lendas urbanas ganham nova roupagem na internet

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Segundo a Wikipédia as Lendas urbanas, mitos urbanos ou lendas contemporâneas são pequenas histórias de caráter fabuloso ou sensacionalista, amplamente divulgadas de forma oral, por e-mails ou pela imprensa e que constituem um tipo de folclore moderno. São frequentemente narradas como sendo fatos acontecidos a um "amigo de um amigo" ou de conhecimento público.

 

lendas_urbanas[5]

 

Traduzindo em miúdos, as lendas urbanas nada mais são do que histórias surgidas do imaginário popular e difundidas pelo mundo. Algumas são tão absurdas que beiram ao ridículo, mas mesmo assim há quem acredite e leve a sério essas histórias.

 

As Top 10 Lendas Urbanas

 

Com o advento da internet as tais lendas urbanas passaram a ser chamadas também de hoax.

 

Dá-se o nome de hoax ("embuste" numa tradução literal, ou farsa) a histórias falsas recebidas por e-mail, sites de relacionamentos e na Internet em geral, cujo conteúdo, além das conhecidas "correntes", consiste em apelos dramáticos de cunho sentimental ou religioso; supostas campanhas filantrópicas, humanitárias, ou de socorro pessoal; ou, ainda, avisos sobre falsos vírus cibernéticos que ameaçam contaminar ou formatar o disco rígido do computador.

Ainda assim, muitas pessoas acreditam em coisas impossíveis como alguns hoaxes que circulam pela internet. Existem hoaxes de que pessoas pobres farão uma cirurgia e que alguma empresa irá pagar uma determinada quantia em centavos para cada e-mail repassado.

Este tipo de mensagens tem por finalidade levar os menos informados a distribuir o e-mail pelo maior número de utilizadores, com a finalidade de entupir os servidores de e-mail. [Wikipédia]

 

539136_268231806619265_2071992189_n

 

É muito comum nos deparamos com essas histórias pelas redes sociais, impressiona-me é o fato de que algumas são muito antigas e sempre voltam a tona, ainda assim conseguem enganar alguns desavisados que estão sempre repassando tais mitos como verdades. A quantidade de lixo virtual é tão grande que surgiu até um site especializado em desvendar algumas dessas lendas, trata-se do e-farsas.

 

http://www.e-farsas.com/

 

No referido site é possível atestar a veracidade ou não de algumas mensagens que vagueiam pela web. Para se ter uma ideia, a mais recente é sobre a demissão do motorista do humorista Didi, que teria sido dispensado por o ter chamado de Seu Didi e não de Dr. Renato. No site supramencionado já existe um texto sobre o tema:

 

 Será que Renato Aragão demitiu motorista que o chamou de “Seu Didi”?

 

Fato é que devemos redobrar os cuidados quando repassamos algo pela web, pois podemos ser induzidos ao erro com mensagens equivocadas que visam somente a propagação de fantasias oriundas do imaginário popular. Corremos risco inclusive de cometer injustiças históricas, ofendendo pessoas por algo que de fato elas não fizeram.

 

Além das diversas histórias que normalmente giram em torno de celebridades midiáticas. Existem também alguns textos atribuídos a autores famosos que na verdade não foram escritos por eles.

 

Escritores consagrados repudiam falsos textos que circulam na rede

 

Como a internet possui um comunicação instantânea, as lendas criadas nesse espaço ganham rapidamente o conhecimento de um número muito grande de pessoas e são repassadas com igual velocidade. Porém, é preciso certa cautela no trato com essas mensagens para evitar a divulgação do  falso como verdadeiro. Em alguns casos uma simples busca pelo Google é suficiente para desmascarar algumas dessas farsas.

 

É prudente não acreditar em tudo que circula pela internet

 

Nossa atenção deve ser redobrada quando tratar-se de informação atinente a possíveis atos de pessoas, pois, conforme o caso, corremos sérios riscos de julgar, condenar e executar alguém por algo que ela não disse ou não praticou. Não podemos negar que a internet possui uma fonte riquíssima de informação, porém também não podemos perder de vista que várias pessoas usam esse espaço de forma capciosa na busca de uma fama repentina ou como ferramenta para aplicar golpes e lesar as pessoas.

 

Piratas usam notícia falsa sobre Silvio Santos para infectar computadores

 

0,,13422588,00

 

Portanto, ao nos depararos com algo muito polêmico, a prudência recomenda que não sejamos tão afoitos para repassá-lo. Pois, como vimos, muitos estão usando a internet para espalhar boatos e mentiras de toda sorte e natureza. Cabe a cada um de nós, ter discernimento e nos precaver para não cairmos nesses embustes.

 

Update 16/10/2012

 

Tem também o relato de uma ex-paquita que morreu de Aids depois de levar uma vida desvairada nas drogas e na prostituição que sempre reaparece. Esse hoax também já foi desmentido pelo e-farsas (aqui).  De vez em quando mudam a foto da pessoa, mas a história é a mesma.

 

Ex paquita

 


Sobre o Autor:
José Márcio

José Márcio - Editor Chefe dos Invicioneiros, leitor voraz e aprendiz de escritor.Tem opinião e assume os riscos Saudosista dos anos 80. E palpiteiro inveterado. Me Circule no Google+.

Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

1 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;