Leia também...

Leia também...
Homo Sapiens x Homo Cyber

Leia também...

Leia também...
O Humor nos Tempos do Cólera

Leia também...

Leia também...
Os 10 Mandamentos da Vida Virtual

Leia também...

Leia também...
Santos Reis

Preguiça de ler, o grande dilema das redes sociais

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Todos sabem que gosto muito do assunto redes sociais, talvez seja porque, através desse serviço e da diversificação de pessoas, seja possível acompanhar o comportamento e as manias de um número muito abrangente desses indivíduos.

 

julia-livros_1024x768

 

Percebo claramente que existe uma certa tendência das pessoas para compartilhar as informações que exijam pouco raciocínio, mais especificamente, imagens sem muito texto. O motivo é quase sempre o mesmo: preguiça de ler. Se uma determinada postagem possui mais do que 5 linhas, poucas pessoas vão ler o texto todo.

 

O hábito de leitura é como um músculo que precisa ser desenvolvido. Se você não usar seus braços ou suas pernas por meses e depois disso tentar fazer um movimento com os músculos atrofiados, vai sentir dor, incômodo, exaustão…será chato pra caramba. Aí você vira para mim e diz: “Eu não gosto de me mexer!” Não é verdade. É incômodo pela falta de exercício, mas se você se sacrificar e ignorar o incômodo com o foco no objetivo maior, terá uma super recompensa ao final do esforço. [Vanessa Lampert]

Eu sempre gosto de destacar que tenho muito gosto pela leitura. Aprendi desde jovem a praticar esse hábito que acho fundamental para o desenvolvimento do nosso intelecto, da nossa redação, da nossa fala. A hábito da leitura nos torna cidadãos mais difíceis de serem manipulados, nós dá a  confiança para sermos críticos e acima de tudo questionadores. Isso acaba nos fazendo ser mais respeitados, pois amplia nossos argumentos .

 

Sempre que posso gosto de estimular as pessoas a lerem. Pois é um hábito relativamente barato mas que traz benefícios incalculáveis para quem se dedica a este maravilhoso ofício.

 

Se você tem preguiça de ler por que não diz exatamente isso? Por que insiste em dizer que as pessoas escrevem muito? Hein? [Horlando Halergia]

 

A leitura e a escrita estão intimamente ligados, escrever bem exige muita dedicação e acima de tudo muita leitura. O ato de escrever está incondicionalmente atrelado à cultura, à sabedoria, à boa argumentação, ao poder crítico do autor. Semente se adquire tal bagagem de conteúdos através da hábito cotidiano da leitura. Por isso podemos afirmar categoricamente que por trás de um bom escritor está um grande leitor.

 

A leitura é para o intelecto o que o exercício é para o corpo. [Joseph Addison]

 

Interessante é perceber que o hábito da leitura acaba nos fazendo viciados, quando mais lemos mais queremos ler. O prazer da leitura acaba nos tornando dependentes, fazendo aos poucos,  de forma imperceptível, que a preguiça nos abandone.

 

Muitos gostam de se apegar à célebre frase: “uma imagem vale mais do que mil palavras”, para justificar o pouco hábito da leitura. Muito comumente vemos alguém invocando tal adágio, mas é bom que se diga que as maiores discussões presentes nas redes sociais, são, quase sempre, provocadas exatamente pelas interpretações equivocadas que muitos fazem, sobretudo apenas “lendo” o que está ilustrado na imagem, sem se preocupar com o conteúdo presente no texto.

 

Um público comprometido com a leitura é crítico, rebelde, inquieto, pouco manipulável e não crê em lemas que alguns fazem passar por ideias. [Mário Vargas Llosa]

 

Recomendo que todas as pessoas pelo menos tentem adquirir esse hábito, comecem lendo livros menores e aos poucos vá aumentando. Em pouco tempo você vai perceber que seu cérebro vai se habituar de tal forma com isso, que se tornará algo trivial. Se você não tem muita paciência com livros, adquira o hábito de ler o que está presente e disponível na internet ou nas redes sociais, garanto que tem muita coisa boa por aí só esperando o seu reconhecimento.

 

Além de fazer bem pro nosso intelecto a leitura nos torna muito mais críticos. Ser questionador, num mundo em que a informação chega cada vez mais rápido, tornou-se quase uma obrigação, haja vista que somos bombardeados diariamente por um  grande número de mentiras e bobagens postadas pela web. Quem não possui senso crítico acaba aceitando como verdade tudo que é postado sem pestanejar ou questionar, pois fica com medo, ou com vergonha de não saber contra-argumentar. Sei perfeitamente que alguns pensam que ler é um sacrifício muito grande, mas diante dos benefícios acho que vale muito a pena o sacríficio, ou não?

 

Então a partir de hoje em sua vida, seja na leitura ou em qualquer outra coisa que esteja difícil por não ter se tornado um hábito, decida sacrificar sua vontade e fazer o esforço. A recompensa vale o sacrifício! Você vai ver o quanto vai ganhar não apenas por ler, mas por se dispor a sacrificar. [Vanessa Lampert]

 

Sobre o Autor:
José Márcio

José Márcio - Editor Chefe dos Invicioneiros, leitor voraz e aprendiz de escritor.Tem opinião e assume os riscos Saudosista dos anos 80. E palpiteiro inveterado. Me Circule no Google+.

Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

8 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;