Leia também...

Leia também...
Homo Sapiens x Homo Cyber

Leia também...

Leia também...
O Humor nos Tempos do Cólera

Leia também...

Leia também...
Os 10 Mandamentos da Vida Virtual

Leia também...

Leia também...
Santos Reis

Ler e Escrever Bem Com o Auxílio dos Recursos Tecnológicos

quinta-feira, 9 de maio de 2013

 

Sempre fui muito adepto da frase que diz que todo bom leitor acaba se tornando um bom escritor.  Acho que a leitura é fundamental para aperfeiçoarmos a nossa escrita. Através da leitura é possível expandir nosso conhecimento gerando novas ideias e pensamentos. É inegável o bem proporcionado pela leitura.

 

il_fullxfull.193767841

 

Dia desses eu ouvi uma frase também muito interessante: “para ler bem é preciso ler muito, e para escrever bem é preciso escrever muito”. Certamente a frase acima cria uma nova visão sobre o processo leitura/escrita. Penso não se tratar de uma receita infalível que pode ser usada por todos com resultados iguais, é óbvio que o alcance de tal metodologia vai depender muito da dedicação e empenho de cada um. Mas é fato que o treino é condição sine qua non para obtenção de resultados satisfatórios em quase todas as esferas.

 

Somos testemunhas do surgimento de uma nova linguagem, o internetês e o miguxês, que está cada vez mais presente, especialmente nas redes sociais. Alguns defendem o uso por se tratar de ambiente próprio, de minha parte eu prefiro não usar, pois como eu disse acima, a prática acaba nos aperfeiçoando, e se a pessoa pratica o errado, certamente quando precisar ela não saberá fazer o certo.

 

A leitura e escrita são processos muito complexos e as dificuldades podem ocorrer de maneiras diversas, além disso temos a aquisição da leitura e escrita como fator fundamental e favorecedor dos conhecimentos futuros; é uma ferramenta essencial, ou mesmo a estrutura mestra onde serão alicerçadas as demais aquisições. É apoio para as relações interpessoais, para a comunicação e leitura de seu mundo interno e externo. [Tânia Maria de Campos Freitas]

 

Eu sempre admirei as pessoas que conseguem se expressar bem através da escrita, que conseguem elaborar um texto que prende nossa atenção pela suavidade das palavras e clareza de expressão. Imagino que não deve ser uma tarefa das mais simples, pois exige muito treino e dedicação.

 

Recentemente o Jornal Nacional exibiu uma excelente reportagem sobre as dificuldades dos estudantes que buscam estágios, em virtude dos erros de português. Foi constato que os erros de português são a principal causa de reprovação de candidatos a estágios. [link aqui]

 

"O português útil é aquela habilidade linguística que deve vir de todos os sentidos, em especial o visual e o auditivo. A clareza do texto é fruto da clareza do pensamento, da coerência das ideias. No fundo, português é o reflexo da sua capacidade, bagagem, leitura e do seu investimento", afirma a mestre em Linguística e pesquisadora Laila Vanetti, diretora da Scritta, que oferece consultoria sobre habilidades de comunicação a empresas.

 

Vejo muitas pessoas relatando as dificuldades encontradas para escrever dentro das normas do nosso idioma, confesso que também tenho certa dificuldade, pois nossa língua pátria possui muitas variantes, que acabam nos causando muitas dúvidas. Mas com o fácil acesso aos meios tecnológicos tal tarefa está bem mais falicitada, dependendo, é claro, da dedicação de cada um.

 

Certamente que a habilidade com as palavras exige dedicação, e, atualmente, muitos preferem gastar o tempo, sobretudo nas redes sociais, compartilhando inutilidades que nada acrescentam ao nosso conhecimento. Se despendessem um pouco desse tempo lendo algo útil, poderiam adquirir um aprendizado enorme.

 

A internet é um ambiente extremamente encantador, hoje é praticamente impossível vivermos sem se utilizar pelo menos um ou alguns recursos midiáticos. Muitas das tarefas que antes nos roubavam um precioso tempo, podem ser resolvidas com poucos cliques. É inegável que os avanços tecnológicos trouxeram significativos progressos. Porém, é preciso ter sabedoria para transformar essa facilidade de informação em conhecimento  e com isso obter um crescimento intelectual.

 

A tipo de interação proporcionada pelas redes sociais estreitaram os laços afetivos e alavancaram a comunicação de massa. Mas creio que tais recursos podem ser usados muito além da simples criação,  atualização e interação entre perfis nas redes sociais. Podemos usar tais ferramentas como instrumentos para adquirir e levar conhecimento com toda praticidade que uma comunicação instantânea proporciona. Cabe a cada um decidir que tipo de utilidade esses recurso terão na sua vida, se serão somente instrumentos de lazer e diversão, ou se serão também ferramentas de aprendizado.

 

Sobre o Autor:
José Márcio

José Márcio - Editor Chefe dos Invicioneiros, leitor voraz e aprendiz de escritor.Tem opinião e assume os riscos Saudosista dos anos 80. E palpiteiro inveterado. Me Circule no Google+.

Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

6 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;