Leia também...

Leia também...
Homo Sapiens x Homo Cyber

Leia também...

Leia também...
O Humor nos Tempos do Cólera

Leia também...

Leia também...
Os 10 Mandamentos da Vida Virtual

Leia também...

Leia também...
Santos Reis

Diga Alto!

quarta-feira, 7 de maio de 2014




Nada contra os que aderiram à comilança de bananas - via instagram ou outros aplicativos e redes sociais - em solidariedade ao gesto do craque Daniel Alves, em partida válida pelo Campeonato Espanhol (embora achei que o brasileiro foi de uma coragem danada ao comer aquela banana atirada por um torcedor do Villarreal, que poderia estar “batizada”!).

barcelona_daniel_alves_banana_racismo

O que eu acho é que às vezes hoje, tudo vira modismo, febre ou “hype”, e as causas e consciências, em si, acabam perdendo o sentido e relegadas a um segundo plano.

Eu creio que só posar  para fotos, comendo uma banana apenas para “aderir à causa de combate ao racismo nos estádios”, não irá resolver o problema e nem servirá de conscientização às pessoas de índole racista. O braço estendido com o punho cerrado dos Panteras Negras tinha um simbolismo e um efeito muito maior!

panteras-negras
Nessas horas eu lembro de James Brown, o “Padrinho do Soul”, que, de forma pacífica, sem modismos e sem se fazer de vítima, teve a coragem de gritar bem alto: "Sou negro e tenho orgulho disso!", em plenos anos 60 de uma América racista e opressora:
"Say It Loud - I'm Black and I'm Proud"
[Tradução: "Diga Alto: Sou Negro e Tenho Orgulho Disso"]
Diga alto: sou negro e tenho orgulho disso!
Diga alto: sou negro e tenho orgulho disso!
Algumas pessoas dizem que sou um malandro
Alguns dizem que tenho o pavio curto
Mas eu digo que não vou parar de me mover até que tenhamos o que merecemos
Fomos uma raça que resistiu e temos sido desprezados
Fomos tratados como coisa ruim, falaram que éramos apenas ossos
Mas, assim como é preciso dois olhos para fazer um par,
Irmão, não podemos parar até chegar a nossa vez!
Diga alto: sou negro e tenho orgulho disso!
Diga alto: sou negro e tenho orgulho disso!
Mais uma vez!
Diga alto: sou negro e tenho orgulho disso!
Eu trabalhei com os meus pés e as minhas mãos
Mas todo o trabalho que eu fiz foi para um senhor
Agora exigimos a chance de fazer as coisas para nós mesmos
Estamos cansados de bater a nossa cabeça contra a parede
E trabalhando em vão
Diga alto: sou negro e tenho orgulho disso!
Diga alto: sou negro e tenho orgulho disso!
Diga alto: sou negro e tenho orgulho disso!
Diga alto: sou negro e tenho orgulho disso!
Somos pessoas,
Somos como os pássaros e as abelhas
Preferimos morrer em pé
Do que viver ajoelhados!
Diga alto: sou negro e tenho orgulho disso!
Diga alto: sou negro e tenho orgulho disso!
Diga alto: sou negro e tenho orgulho disso!
Diga alto: sou negro e tenho orgulho!"


Por aqui, no início dos anos 80, Sandra de Sá (na época apenas “Sandra Sá”) emplacou um “hit” também emblemático:

"Olhos Coloridos"
Os meus olhos coloridos
Me fazem refletir
Eu estou sempre na minha
E não posso mais fugir...
Meu cabelo enrolado
Todos querem imitar
Eles estão baratinado
Também querem enrolar...
Você ri da minha roupa
Você ri do meu cabelo
Você ri da minha pele
Você ri do meu sorriso...
A verdade é que você
(Todo brasileiro tem!)
Tem sangue crioulo
Tem cabelo duro
Sarará, sarará
Sarará, sarará
Sarará crioulo...
Sarará crioulo
Sarará crioulo...
Os meus olhos coloridos
Me fazem refletir
Que eu tô sempre na minha
Não! Não!
Não posso mais fugir
Não posso mais!
Não posso mais!
Não posso mais!
Não posso mais!
Meu cabelo enrolado
Todos querem imitar
Eles estão baratinados
Também querem enrolar...
Cê ri! Cê ri! Cê ri!
Cê ri! Cê ri!
Cê ri da minha roupa
Cê ri do meu cabelo
Cê ri da minha pele
Cê ri do meu sorriso...
Mas verdade é que você
(Todo brasileiro tem!)
Tem sangue crioulo
Tem cabelo duro
Sarará, sarará
Sarará, sarará
Sarará crioulo...
Sarará crioulo
Sarará crioulo...



Sobre o Autor:
Harley Coqueiro
Harley Coqueiro - Advogado e Jornalista. Chargista e Cronista da Folha de Paraopeba. Fã de Beatles, de thrillers policiais e da boa comida mineira.
Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

4 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;