Leia também...

Leia também...
Homo Sapiens x Homo Cyber

Leia também...

Leia também...
O Humor nos Tempos do Cólera

Leia também...

Leia também...
Os 10 Mandamentos da Vida Virtual

Leia também...

Leia também...
Santos Reis

Afinal, o que aconteceu com os blogs?

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Morte dos Blogs




Todos os que frequentam a internet irão se lembrar que há bem pouco tempo os blogs viraram uma febre. Era comum as pessoas despenderem um pouco do seu tempo escrevendo e alimentando o conteúdo dos blogs. Desta febre, acabou surgindo um termo interessante, a chamada BLOGOSFERA, que segundo a Wikipédia, trata-se de um termo coletivo que compreende todos os weblogs ou blogs como uma comunidade ou rede social. Muitos blogs estão densamente interconectados. Blogueiros lêem os blogs uns dos outros, criam enlaces para os mesmos, referem-se a eles na sua própria escrita, e postam comentários nos blogs uns dos outros. Por causa disso, os blogs interconectados criaram sua própria cultura.


Eu fui um desses inúmeros aventureiros que acabou se apaixonando pela ofício de blogar. Aliás, esse espaço surgiu exatamente para isso, para que eu, com a colaboração de alguns amigos, pudesse levar a público as ideias e opiniões.


O tempo passou e vejo que aquela universo anterior acabou se esfacelando, muitos dos antigos blogueiros, que aprendi a admirar, simplesmente desapareceram. E acabei, com isso, me colocando a pensar sobre o que determinou o fim da blogosfera e em que momento isso aconteceu.


Pois bem, como muitos não sabem precisar como a blogosfera surgiu, fica difícil também determinar o que decretou o seu fim. Teria sido um meteoro? Ou quem sabe uma bomba oriunda da Coreia do Norte? Brincadeiras a parte, noto claramente que o espaço dos blogs se sucumbiu a facilidade proporcionada pelas redes sociais e pelos chamadas Youtubers. Como o brasileiro não é muito adepto da leitura, fica mais fácil e mais cômodo para ele ter quem facilite a tarefa de transformar a informação ou notícia do texto para o vídeo.


O fato, muito perceptível, é que não temos mais acesso aquele universo de blogs que nos serviam das mais variadas formas. Começou não sei quando, aconteceu não sei onde, mas verdadeiramente parece que chegou ao fim. Infelizmente nos sucumbimos a facilidade das informações resumidas, logo, textos mais extensos estão definitivamente fadados ao ostracismo e a morte iminente.


Se não tem que lê, obviamente também haverá mais quem escreva. No tribunal dessa nova ordem do universo midiático, a mais nova vítima foram os blogueiros e seus blogs. O mundo mudou, mas não evoluiu, muito pelo contrário, estamos cada vez mais irracionais e intolerantes. A cada fonte de informação que se fecha, é sinal de que o comodismo e a preguiça triunfaram.


Estamos cada vez mais carentes de originalidade, é tudo mais do mesmo. Agora são os blogs, daqui a pouco tempo outros serviços terão o mesmo fim. Na esteira desta involução, estamos vendo nascer uma geração que não possui senso crítico e muito menos bom senso.


Não sinto mais vontade de escrever, isso já um golpe muito duro para quem um dia sonhou em arriscar seu lado escrivinhador. Os blogs aparentemente estão morrendo, e com eles minha ilusão de levar um pouco de informação para os leitores. Peço desculpas a todos os assíduos frequentadores deste espaço, mas é uma batalha ingrata e sem nenhuma chance de vitória. Ficam a lembranças dos tempos áureos em todos os textos aqui publicados.


Apenas para constatação. O último texto que publiquei aqui foi em Maio, de lá para cá quase 5 meses se passaram. Uma triste realidade para quem tinha o hábito de publicar 3 textos por semana.


Se você é também é um ex-blogueiro, registre nos comentários os motivos que levaram à sua desistência.



Sobre o Autor:
José Márcio
José Márcio - Editor Chefe dos Invicioneiros, leitor voraz e aprendiz de escritor.Tem opinião e assume os riscos Saudosista dos anos 80. E palpiteiro inveterado. Me Circule no Google+.
Feed
Gostou desse Artigo? Então deixe um comentário, assine nosso Feed ou receba os artigos por email

4 comentários :

Postar um comentário

# Antes de comentar, leia o artigo;
# Os comentários deverão ter relação com o assunto;
# Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro;
# Comentários ofensivos ou pessoais serão sumariamente deletados;
# As opiniões nos comentários não refletem a opinião do blog e são de inteira responsabilidade dos seus autores;